Breaking news

Deputado Nikolas Ferreira é insultado enquanto inquire comunista Flávio Dino e sessão termina em tumulto; ASSISTA VÍDEO


No decorrer de participação em audiência destinada a inquirir Flávio Dino, ministro da Justiça do Governo Lula, o deputado federal Nikolas Ferreira, aliado do ex-presidente Jair Bolsonaro, foi provocado e insultado por parlamentares de esquerda, os quais geraram um tumulto enquanto o congressista mineiro tentava fazer o seu questionamento.

Após um parlamentar de esquerda afirmar “Vai, chupet***”, Nikolas retrucou: “Se eu faço isso aqui com qualquer deputado, me colocam no Conselho de Ética. Todo mundo aqui é adulto para ver que isso aqui aconteceu. Peço que o senhor tome alguma atitude diante do que aconteceu”. Enquanto o congressista se queixava, esquerdistas prosseguiram o chamando de “chupe***” e afirmando que ele deveria calar a boca. Nikolas retrucou: “Tenho pouca idade, mas a molecagem está aqui atrás”. Nikolas salientou: “Aqui não tem palhaço, não tem circo, essa comissão tem de ser tratada com respeito”.

Posteriormente, Nikolas indagou a Flávio Dino: “É de notório saber, é de conhecimento geral, que aquela área é comandada pelo tráfico. Policiais, como do BOPE, já manifestaram que só entram naquele local com grande aparato de segurança. O senhor entrou lá, simplesmente, com dois carros, e não deu qualquer justificativa (...). O senhor é uma autoridade de segurança pública que está à frente de corporações que devem combater o crime. A minha pergunta é: Quem negociou com o tráfico para que fosse autorizada a sua entrada no Complexo da Maré?”.

Eduardo, por seu turno, questionou medidas tomadas por Rui Falcão, deputado petista que presidia a sessão, e assinalou: “Isso não é democracia”. Após Flávio Dino anunciar que sairia sem responder ao questionamento de Nikolas, Cabo Gilberto protestou: “O ministro não respondeu nada. Só ficou de chacota”.

Nenhum comentário