/> XP Investimentos prevê demissão de 10% de seus funcionários - Folha da Política

Breaking news

XP Investimentos prevê demissão de 10% de seus funcionários


A gestora de ativos tem cerca de 7 mil colaboradores

Uma das maiores gestoras de ativos de mercado do Brasil, a XP Investimentos prevê ajustes em suas políticas de administração — o que pode afetar até 10% do seu quadro de funcionários, de um total de cerca de 7 mil colaborares. Iniciada em 2022, a reformulação vai ao encontro de um modelo de negócio mais sóbrio e rentável.

Outra medida da XP é o abandono de ações, vistas por alguns executivos como extravagantes e com baixo retorno financeiro, como o patrocínio de eventos de influenciadores digitais. Segundo o gerente sênior Guilherme Benchimol, é hora de “fazer mais com menos” — frase que lhe é característica.

Durante o período de pandemia, a XP dobrou a quantidade de funcionários e fez uma série de aquisições, aproveitando a baixa nos juros e alta do fluxo monetário registrados na época. Hoje, o cenário pede mais eficiência da marca.

As ações da XP na bolsa chegaram a ser negociadas por US$ 53 em 2021. Hoje, o valor gira em torno dos US$ 16, próximo da maior baixa da empresa, de US$ 13,80.

Indagada sobre as movimentações financeiras e seus impactos no quadro de colaborares, a XP Investimentos não respondeu à reportagem.

LEIA TAMBÉM: 








Nenhum comentário