/> Lula e Alberto Fernández se comprometem com criação de moeda única para América Latina - Folha da Política

Breaking news

Lula e Alberto Fernández se comprometem com criação de moeda única para América Latina


Anúncio contradiz as recentes declarações de Haddad sobre o tema

Os presidentes Lula, do Brasil, e Alberto Fernández, da Argentina, publicaram uma nota conjunta exclusiva no jornal argentino Perfil, no sábado 21, em que defendem a criação de uma moeda comum para a América do Sul. Na semana que vem, ambos os chefes de Estado devem se encontrar em Buenos Aires.

“Decidimos também avançar nas discussões sobre uma moeda comum sulamericana”, dizem os políticos, no texto. Segundo Lula e Fernández, a moeda seria “utilizada para fluxos financeiros e comerciais”, o que reduziria “os custos operativos e a vulnerabilidade externa dos países”.

A ideia contradiz as recentes declarações do ministro da Fazenda, Fernando Haddad, sobre o tema. Na ocasião, Haddad negou a possibilidade de criar uma moeda comum e se irritou com jornalistas. “Não existe moeda única e não existe essa proposta”, garantiu.


Agenda na Argentina

Lula embarcará ainda neste domingo, 22, rumo a Buenos Aires. É sua primeira viagem internacional desde que assumiu a Presidência.

O texto no Perfil cita a participação dos dois países na cúpula da Comunidade dos Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac). Afirma também que o evento marca “o regresso do Brasil a um mecanismo de diálogo e acordo regional” que “jamais deveria ter sido interrompido”.

Lula e Fernández também se comprometem em atuar juntos em temas como “o desenvolvimento sustentável, a mudança climática e a redução de todas as formas de desigualdade”, com atenção especial ao que chamam de “reindustrialização das economias”, com “integrações das cadeias produtivas”.

A nota conjunta também menciona o sentido estratégico da integração bilateral entre os países, a fim de “construir um futuro em comum” que seja “mais justo e mais solidário”.


 

Nenhum comentário