/> Lula diz que é contra CPI para investigar manifestações em Brasília - Folha da Política

Breaking news

Lula diz que é contra CPI para investigar manifestações em Brasília


Para o petista, comissão poderia criar um "confusão danada"

Nesta quarta-feira (18), durante entrevista à GloboNews, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva se mostrou contrário a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) sobre os protestos ocorridos em 8 janeiro em Brasília. Para o petista, essa CPI poderia criar uma “confusão tremenda” na apuração do episódio.

Durante os protestos, manifestantes invadiram os prédios dos três poderes na capital federal e deixaram um rastro de destruição. O episódio levou ao afastamento e prisão do então secretário de Segurança, Anderson Torres, ao afastamento do governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, e ainda à prisão de diversos manifestantes.

Ao comentar a possibilidade de uma CPI, Lula afirmou que o momento não é de “confusão”.

– Nós temos instrumentos para fiscalizar o que aconteceu nesse país. Uma comissão de inquérito pode não ajudar e ela pode criar uma confusão tremenda, sabe? Nós não precisamos disso agora – apontou.

O Senado já tem um requerimento para a criação de uma CPI com mais de 27 assinaturas. A medida foi apresentada pela senadora Soraya Thronicke (União Brasil-MS), que defende uma investigação sobre os responsáveis por organizar e financiar os manifestantes.

Apesar de se mostrar contra uma CPI, Lula disse que é uma decisão do Congresso.

– É uma decisão do Congresso Nacional, não é minha. Portanto, os partidos políticos, na Câmara e no Senado é que vão decidir. Se, por acaso, eles me pedissem um conselho, que é difícil pedir conselho, eu dizia: “não façam CPI, porque não vai ajudar (…) O que nós podemos investigar numa CPI que a gente não possa investigar aqui e agora? Nós estamos investigando, tem mil e trezentas pessoas presas (…) O que você pensa que a gente vai ganhar com uma CPI – ressaltou.

LEIA TAMBÉM: 








Nenhum comentário