Breaking news

Jornalista chama Alexandre de Moraes de tirano e encarnação do capeta


Cláudio Prisco Paraíso, da SCC, defendeu manifestantes que foram presos após atos no DF

Nesta terça-feira (11), o jornalista e comentarista político Cláudio Prisco Paraíso, da SCC, afiliada do SBT em Santa Catarina, defendeu os manifestantes que foram presos após terem participado dos protestos em Brasília. Ele também criticou o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Paraíso disse que os direitos humanos dos manifestantes não foram respeitados. As informações são do site NaTelinha.

– Esses são os terroristas, segundo o governo, Polícia Federal e tantos outros. Mil e duzentos, que estavam acampados diante do Quartel-General do Exército em Brasília, que foram presos, e que só hoje, depois de mais de 24 horas, sem banheiro, no calor, comida e bebida só receberam depois de 12 horas… Várias pessoas passaram mal… Só hoje, que metade deles, mulheres, crianças, grávidas, idosos e doentes foram liberados… Esses são os terroristas, rezando durante a prisão, onde os direitos humanos não foram respeitados… Quem está em presídio foi muito mais bem tratado e respeitado do que eles – falou.

As declarações foram dadas durante a edição do SCC Meio-Dia, nesta terça-feira (11).

O jornalista também chamou Moraes de “tirano” e “encarnação do capeta”.

– Calhordice, canalhice, calhordice, canalhice e cretinice… É assim que se pode definir o comportamento desse tirano – declarou.

A respeito das declarações do jornalista, a assessoria do SBT destacou que sua preocupação é com a isenção.

– A linha editorial do Jornalismo do SBT é de preocupação permanente com a isenção. Por isso, não endossa as opiniões de um comentarista de empresa afiliada.

Por meio de um comunicado, a SCC disse que os comentários do jornalista “não refletem necessariamente a opinião da emissora”.

LEIA TAMBÉM: 













Um comentário: