/> URGENTE: Bolsonaro sai de moto para falar com seus apoiadores no Natal; VEJA VÍDEO - Folha da Política

Breaking news

URGENTE: Bolsonaro sai de moto para falar com seus apoiadores no Natal; VEJA VÍDEO



O presidente Jair Bolsonaro (PL) deixou o Palácio da Alvorada neste sábado (24.dez.2022) para fazer um passeio de moto. O chefe do Executivo deixou a residência oficial sozinho e não alertou sua equipe de segurança. Ao retornar para o Palácio, cumprimentou apoiadores no local.

Bolsonaro deixou a residência oficial às 16h19. Funcionários da Presidência saíram em seguida de carro e de moto para alcançá-lo. O presidente fez breve percurso de cerca de 15 minutos pela Vila Planalto, uma comunidade do Distrito Federal. Depois, retornou e conversou com apoiadores que o esperavam em frente ao Alvorada.

Veja abaixo:


Em homenagem ao presidente, apoiadores rezaram a oração cristã do Pai-Nosso. Bolsonaro retirou o capacete, mas não desceu da moto para falar com o grupo.

A última vez que o presidente havia deixado a residência oficial havia sido na 3ª feira (20.dez). Desde o resultado do 2º turno, Bolsonaro tem evitado ir ao Palácio do Planalto, sede do governo. Ele tem recebido aliados e cumprido poucos compromissos oficiais de despacho no Alvorada.

O chefe do Executivo fez poucas aparições públicas desde 30 de outubro e falou apenas uma vez com apoiadores. Na ocasião, mencionou o silêncio de 37 dias sem dar declarações públicas. “Estou há praticamente 40 dias calado. Dói. Dói na alma”, disse o presidente em 9 de dezembro.

Depois disso, Bolsonaro não fez novas declarações, mas saiu algumas vezes para assistir o descerramento da bandeira Nacional em frente ao Alvorada. Apoiadores têm se reunido diariamente no fim da tarde em frente à residência oficial a espera do presidente.

O contato com apoiadores foi um costume de Bolsonaro ao longo de todo o mandato. Ele criou o chamado “cercadinho”, onde cumprimentava e tirava foto com pessoas diariamente.

Bolsonaro foi o 1º chefe do Executivo a disputar a reeleição e não conquistar um 2º mandato. Luiz Inácio Lula da Silva (PT) venceu nas urnas com 50,90% dos votos.

Mesmo sem governar no próximo ano, aliados esperam contar com Bolsonaro como líder da direita conservadora no país.

Créditos: Poder 360.

 LEIA TAMBÉM: 


















































Nenhum comentário