/> PT dá aval para orçamento secreto continuar em 2023 durante votação de comissão no Congresso - Folha da Política

Breaking news

PT dá aval para orçamento secreto continuar em 2023 durante votação de comissão no Congresso


Apenas dois deputados, do PSOL e PSB, se manifestaram a favor da extinção das "emendas de relator" no ano que vem

Em votação na Comissão Mista de Orçamento (CMO) nesta quarta-feira, apenas dois deputados — do PSOL e do PSB — foram a favor da extinção do "ORÇAMENTO SECRETO" em 2023, primeiro ano do governo eleito de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que prometia acabar com essa moeda de troca no Congresso. O PT não se manifestou na votação.

A proposta para acabar com o orçamento secreto foi feita pela deputada Fernanda Melchionna (PSOL-RS). Só ela e o deputado Elias Vaz (PSB-GO) registraram um voto a favor de acabar com as emendas.

Os deputados do PT presentes na sessão, Enio Verri (PR), Rui Falcão (SP), Leonardo Monteiro (MG), Waldenor Pereira (BA), Nilto Tatto (SP) e Paulo Guedes (MG), não se manifestaram no momento da votação.

A CMO está analisando um parecer preliminar da Proposta de Lei Orçamentária Anual (PLOA) de 2023, relatado pelo senador Marcelo Castro (MDB-PI). Castro fez um discurso favorável à manutenção do "orçamento secreto".

Durante a campanha eleitoral, Lula disse cobras e lagartos sobre o orçamento secreto. Chamou de "imperador" o presidente da Câmara, Arthur Lira, acusando-o de comprar votos de deputados.


Nenhum comentário