/> General Paulo Chagas: Quem sabe faz a hora, não espera posse - Folha da Política

Breaking news

General Paulo Chagas: Quem sabe faz a hora, não espera posse


Militar pediu que Bolsonaro tome atitude sobre o código-fonte das urnas

O general da reserva Paulo Chagas fez uma publicação em seu perfil no Twitter, nesta quarta-feira (7), na qual instou o presidente Jair Bolsonaro (PL) a tomar uma atitude sobre a eleição presidencial deste ano. Na postagem, Chagas pediu que Bolsonaro cobre do ministro Alexandre de Moraes, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o código-fonte das urnas.

– Presidente, capacidade + vontade = poder! Dá um prazo para o Alexandre de Moraes entregar o código-fonte, se ele não entregar, vai lá e toma! Como presidente você pode fazer isso, dentro das 4 linhas da CF/88! Quem sabe faz a hora, não espera acontecer a posse do descondenado!! – escreveu Chagas.

Em outros dois tuítes publicados nesta quarta, o general também falou sobre Bolsonaro e sobre as eleições presidenciais. No primeiro deles, postado durante a manhã, Chagas falou que o chefe do Executivo estaria sendo tratado pela maioria dos brasileiros como uma “vítima indefesa” dos outros Poderes, mas que, como um “presidente da República honesto”, ele jamais estaria indefeso.

– Existem três poderes no Estado, Judiciário, Legislativo e Executivo. A maioria dos brasileiros, não sem razão, se queixa dos dois primeiros e trata o terceiro como vítima indefesa! Um presidente da República honesto pode ser vítima, mas jamais estará indefeso! – escreveu.

Na outra postagem, já durante a noite de quarta, o general da reserva fez um questionamento sobre se houve ou não “inserções maliciosas” no código-fonte das urnas.

– O descondenado quer ser diplomado no dia 12 e Bolsonaro pode impedi-lo porque tem tanto poder quanto o TSE para exigir o cumprimento da CF/88 e não pode perder tempo. O Brasil quer saber a verdade antes do final deste ano: houve ou não houve “inserções maliciosas” no código-fonte da apuração? – questionou.




Nenhum comentário