/> Com baixa audiência CNN Brasil realiza demissões em massa e fecha redação no Rio - Folha da Política

Breaking news

Com baixa audiência CNN Brasil realiza demissões em massa e fecha redação no Rio


Dezembro começou com uma demissão em massa na CNN Brasil. Todos os funcionários foram demitidos do escritório da empresa no Rio de Janeiro, nesta quinta-feira (1º), segundo o site Notícias da TV.

Monalisa Perrone, que trocou a Globo pela CNN, também foi demitida em São Paulo. Boris Casoy, que substituiu Alexandre Garcia, Gloria Vanique, Marcela Rahal e Isabela Faria também estão entre os demitidos.

Em Brasília também houveram demissões dos analistas Fernando Molica, Alexandre Borges e Sidney Rezende. No começo da tarde houveram novas baixas como Kenzô Machida.

A CNN afirma que o motivo de todas as baixas seria uma “reestruturação de operações”. Mas segundo o site, um comunicado interno alega que os dois principais objetivos da demissão em massa foram “fortalecer o DNA do canal” e “readequar custos ao cenário econômico do país”.

Segundo o site Splash do UOL, as demissões somam 125 pessoas, sendo 100 dessas são contratadas como pessoas jurídicas e 25 com contrato em carteira. O site ainda afirma que um dos motivos da demissão em massa seria a baixa audiência e por ter perdido espaço com a chegada da Jovem Pan News.

Leia o comunicado enviado aos demitidos da CNN Brasil

“Prezados Colaboradores,

A CNN Brasil informa que realiza, nesta quinta-feira, dia 1º de dezembro, a reestruturação de suas operações, com dois objetivos principais: fortalecer o DNA do canal, focado em Hard News, e readequar custos, ajustando a empresa ao cenário econômico do país, criando as condições para atingir o equilíbrio financeiro (Breakeven) em 2023 e crescer.

Em linha com a estratégia de fortalecimento do jornalismo, a coordenação da cobertura será concentrada em São Paulo e Brasília, duas praças que ganham relevância dado o contexto político e econômico nacional. Em decorrência dessa nova lógica, a newsroom do Rio de Janeiro será desativada, sem prejuízo à cobertura. As mudanças incluem a readequação de programas, assim como da grade. O selo CNN Soft será remodelado para 2023.

Aos colegas que deixam a empresa, manifestamos o nosso profundo respeito e gratidão. A dedicação e o trabalho de cada um foram fundamentais para a construção e consolidação da CNN Brasil.

Decisões como essas exigem coragem, determinação e visão de futuro. As mudanças irão adequar a empresa ao novo cenário da indústria de mídia e abrirão espaço aos investimentos necessários para seguir entregando o jornalismo independente, relevante e de alta qualidade, marca registrada da CNN. Este é o nosso compromisso com todos os colaboradores, com o mercado e com os milhões de brasileiros que confiam na CNN Brasil para tomar as melhores decisões.”


2 comentários:

  1. Blz! Tem de fechar não é só ela não! Rede Podre de Putaria, Band, Cultura e todas as comunistas!

    ResponderExcluir
  2. CNN é um lixo de emissora juntamente com a globosta que só falam mentira para os desinformados de plantão.

    Pode fechar emissora podre!😠

    ResponderExcluir