Breaking news

Impressionante multidão de patriotas lota a Avenida Paulista na festa da independência e em apoio ao presidente Bolsonaro. (ASSISTA!)

Manifestantes também exaltaram Tarcísio de Freitas (Republicanos), candidato ao posto de governador do Estado de São Paulo, e xingaram o ex-presidente Lula

Milhares de pessoas foram à Avenida Paulista, em São Paulo, nesta quarta-feira, 7, para celebrar o bicentenário da Independência do Brasil e demonstrar apoio ao presidente Jair Bolsonaro (PL), candidato à reeleição nas eleições de outubro. Usando camisas da seleção brasileira ou se vestindo de verde e amarelo, os grupos começaram a chegar por volta das 10h (de Brasília) e se concentraram em frente ao Museu de Arte de São Paulo (Masp). 

Carregando bandeiras do Brasil e lotando a principal via da capital paulista, os manifestantes entoaram cânticos que exaltavam o chefe do Executivo. No ato, muitos cidadãos também levaram cartazes que criticavam o Supremo Tribunal Federal (STF). “Presidente acione Forças Armadas para destituir ministros do STF e STE”, “Supremo é o povo” e “Queremos limpeza no STF” foram algumas das mensagens exibidas, que também pediam “votos auditáveis”. O ex-presidente Lula (PT), que lidera as pesquisas de intenção de voto, também foi alvo, sendo xingado em diversos momentos.

O protesto contou com a presença de vários trios elétricos, que ficaram espalhados ao longo da avenida. Quem recebeu elogios dos manifestantes, por sua vez, foi Tarcísio Gomes de Freitas (Republicanos), ex-ministro da Infraestrutura e candidato ao posto de governador do Estado de São Paulo. Ainda pela manhã, o cântico “Tarcísio, cadê você? Eu vim aqui só para te ver” foi entoado por um grupo. Já no começo da tarde, o político seguiu seu cronograma e marcou presença no evento. Outros que compareceram foram Marcos Pontes, que tenta uma vaga ao Senado; Carla Zambelli, candidata a deputada federal e Sérgio Camargo, candidato a deputado federal.

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();