Breaking news

Esquerdista André Janones coordenador da campanha Lula, xinga de “gado” o povo que participou da festa da independência no 7 de Setembro


Coordenador da campanha de Lula também afirmou que "não há o que comemorar" na Independência

Coordenador da campanha de Luiz Inácio Lula da Silva à Presidência da República, André Janones (Avante-MG) minimizou os atos em homenagem à Independência do Brasil distribuídos pelo país nesta quarta-feira (7).

O deputado federal, que abriu mão da disputa pelo Palácio do Planalto para apoiar o ex-presidente, disse que, apesar das manifestações, “os nossos problemas reais ainda estarão aqui”. O parlamentar também xingou os manifestantes de “gado” e afirmou que seu candidato tem a “maioria” do eleitorado a seu favor.

– Meia dúzia de gato pingado! Ou melhor: GADO pingado. (…) E apesar do 7 de setembro, haverá 8, haverá 9, 10… e os nossos problemas reais ainda estarão aqui. A fome, a miséria e a falta de governo não vão passar da noite pro dia. Somos a maioria, não se curvem, dia 2 está chegando – ilustrou o parlamentar.

Coordenador da campanha de Luiz Inácio Lula da Silva à Presidência da República, André Janones (Avante-MG) minimizou os atos em homenagem à Independência do Brasil distribuídos pelo país nesta quarta-feira (7).

LEIA TAMBÉM: 

O deputado federal, que abriu mão da disputa pelo Palácio do Planalto para apoiar o ex-presidente, disse que, apesar das manifestações, “os nossos problemas reais ainda estarão aqui”. O parlamentar também xingou os manifestantes de “gado” e afirmou que seu candidato tem a “maioria” do eleitorado a seu favor.

– Meia dúzia de gato pingado! Ou melhor: GADO pingado. (…) E apesar do 7 de setembro, haverá 8, haverá 9, 10… e os nossos problemas reais ainda estarão aqui. A fome, a miséria e a falta de governo não vão passar da noite pro dia. Somos a maioria, não se curvem, dia 2 está chegando – ilustrou o parlamentar.

Janones também afirmou que os brasileiros “não têm o que comemorar” enquanto não se transformarem em um “povo independente”.

– A verdadeira independência do Brasil só acontecerá, de fato, quando nosso povo for independente. Enquanto esse dia não chega, não temos o que comemorar – completou.

O PT se surpreendeu com o número elevado de militantes nas ruas. O partido, inclusive, pretende acionar o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra o presidente Jair Bolsonaro (PT) por um suposto “abuso de poder político e econômico”.

A legenda alega que o chefe do Executivo usou um ato oficial para fazer campanha política com dinheiro público.


Um comentário:

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();