Breaking news

Esquerdista Luciano Huck abre a carteira e faz doações para candidatos, todos ligados ao ex-presidiário Lula


Apresentador escolheu seis candidatos para ajudar na campanha

Luciano Huck não se lançou candidato a presidente, mas está participando das Eleições 2022. O apresentador do Domingão e que foi cogitado como um dos nomes da 3ª via fez doações a 6 candidatos até o momento. Tabata Amaral (PSB) , Tiago Gomes dos Santos (PSB), Vanderlecia Ortega dos Santos (Rede) Marcelo Calero (PSD), José Frederico Netto (MDB) e José Carlos Galiza (PSOL). Todos eles concorrem a uma vaga para deputado federal, dois pelo Rio de Janeiro, um por Pará, um por São Paulo e um por Goiás. A maioria é ligada a partidos que apoiam Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

A informação foi revelada na última quarta-feira (31) pelo Poder360 e confirmada nesta quinta-feira (1º) pelo NaTelinha junto ao sistema do TSE (Tribunal Superior Eleitoral). O maior valor doado pelo titular do Domingão foi de R$ 15 mil, feito para Tabata, Calero, Frederico Netto e Tiago Gomes. O candidato do PSOL, Galiza, e a da Rede, Vanderlecia, no entanto, receberam uma quantia menor, R$ 5 mil cada.

Calero disputa uma vaga na Câmara pelo Rio de Janeiro, Galiza tenta se eleger pelo Pará. Já Frederico busca espaço como deputado pelo estado de Goiás e está filiado no MDB, uma das maiores siglas do país. Tabata Amaral quer a reeleição pelo estado de São Paulo, enquanto Tiago também é do RJ. Por fim, Vanderlecia tenta uma vaga pelo Amazonas.

Todas as doações constam oficialmente com o nome do apresentador da Globo e foram feitas através de transferência eletrônica. Os três repasses foram feitos na última terça-feira (30) e já estão nas contas de campanha, podendo ser utilizados pelos candidatos.

LEIA TAMBÉM: 

Quem são os candidatos que receberam dinheiro de Luciano Huck

Marcelo Calero é um nome muito conhecido no meio político. Parlamentar de longa data, ele busca a reeleição. Em 2018 ele recebeu pouco mais de 50 mil votos e foi eleito por conta do quociente eleitoral. Entre maio e novembro de 2016, o político foi ministro da Cultura, na gestão de Michel Temer. Ele declarou no TSE ser dono de R$ 1,9 milhão em bens, a maioria em ações e aplicações bancárias.

Tabata Amaral é deputada federal atualmente e muito ligada ao universo da educação. Oriunda de favela, ela estudou com bolsa nos EUA e foi eleita em 2018 pelo PDT, recebendo quase 265 mil votos. Ela trocou a legenda pelo PSB após discussões com Ciro Gomes (PDT).

Já Frederico foi candidato em 2018, mas obteve apenas 9 mil votos e não conseguiu se eleger. Naquela ocasião, ele se lançou pela Rede, partido de Marina Silva, antes de migrar para o MDB. Neste ano, o político declarou bens de R$ 500 mil. Tiago Gomes também é candidato pela primeira vez no Rio de Janeiro e não declarou bens.

Galiza é do Pará e quilombola. Ele se lançou candidato pela primeira vez. Sem nenhum bem cadastrado no Tribunal, ele já tem mais de R$ 160 mil em doações para sua campanha, incluindo o valor de Huck, que foi o menor entre os doadores. Enquanto Vanderlecia se declara indígena e também estreia como postulante à vaga e não declarou bens.

Candidatos apoiados por Huck estão com Lula

Luciano Huck faz doações para candidatos ligados a Lula

Dos seis candidatos que Luciano Huck fez doações financeiras, cinco estão fechados oficialmente com Lula. Galiza e Vanderlécia, inclusive, fazem parte de partidos ligados à esquerda e que historicamente apoiam o PT. Além deles, o PSB de Tabata Amaral e Tiago fechou coligação e indicou o vice na chapa do petista, Geraldo Alckimin. Embora mais focada na terceira via, a candidata já manifestou seu apoio formal a Lula.

Calero, que é da sigla de Kassab, que manteve neutralidade nas eleições, também tem proximidade com Lula. Mesmo Frederico, filiado ao MDB de Simone Tebet, é intrinsicamente ligado à esquerda, tanto que já foi candidato pela Rede.


Quem recebeu doação de Luciano Huck?

  • Tabata Amaral (PSB) - São Paulo: R$ 15 mil
  • José Lyra Frederico Neto (MDB) - Goiás: R$ 15 mil
  • Marcelo Calero (PSD) - Rio de Janeiro: R$ 15 mil
  • Tiago Gomes dos Santos (PSB) - Rio de Janeiro: R$ 15 mil
  • Vanderlecia Ortega (Rede) - Amazonas: R$ 5 mil
  • José Galiza (PSOL) - Pará: R$ 5 mil

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();