Breaking news

Economia do Reino Unido encolhe 11% na pandemia, a maior queda em 300 anos; EFEITO LOCKDWON.



A marca histórica foi registrada em 2020

O Reino Unido teve sua maior queda na produção em mais de 300 anos em 2020, quando enfrentou o impacto da pandemia de covid-19. Os números oficiais do declínio britânico foram atualizados nesta segunda-feira, 22.

O Produto Interno Bruto (PIB) caiu 11% em 2020, segundo o Escritório de Estatísticas Nacionais (ONS, na sigla em inglês). Essa foi a maior queda desde 1709, de acordo com dados históricos do Banco da Inglaterra.

Inicialmente, as estimativas já sugeriam que em 2020 o Reino Unido sofreu sua maior queda na produção desde a Grande Geada, de 1709.

Mesmo antes das últimas revisões, a recessão econômica da região já era a maior do G7, grupo que reúne os sete países mais ricos.

“O serviço de saúde enfrentou custos mais altos do que estimamos inicialmente, o que significa que sua contribuição geral para a economia foi menor”, disse Craig McLaren, estatístico do ONS.

Um olhar mais atento ao aumento dos custos enfrentados pelos varejistas individuais também levou a uma revisão em baixa da contribuição do setor, enquanto a produção da fábrica foi revisada para levar em consideração os custos mais baixos das matérias-primas.

A economia do Reino Unido se recuperou acentuadamente no ano passado, chegando ao nível pré-pandemia em novembro de 2021. Mas a inflação em rápido aumento significa que o Banco da Inglaterra espera que a economia volte à recessão ainda neste ano.

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();