Breaking news

Deflação de 0,73% em agosto derruba inflação de 2022 para 5,02%, menor taxa dos últimos 31 anos



Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15), considerado uma prévia da inflação, registrou um queda de 0,73% em agosto deste ano, sendo a menor taxa da série histórica, iniciada em novembro de 1991. Os dados foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira, 24. 

Em julho, o índice havia registrado uma alta de 0,13%. Em agosto de 2021, a taxa registrou um aumento de 0,89%. No acumulado dos últimos 12 meses, o IPCA-15 acumula alta de 9,6%, abaixo dos 11,39% registrado nos 12 meses anteriores. Com isso, a inflação chegou à menor taxa acumulada desde agosto de 2021, quando atingiu 9,3%.

 Em 2022, o IPCA acumula alta de 5,02%. Dos nove grupos de produtos e serviços pesquisados, seis registraram variações positivos, com destaque para o setor de transportes, que registrou queda de 5,24%, contribuindo para a diminuição de -1,15 ponto percentual no índice por mês. A queda no grupo foi movida pela diminuição do preço nos combustíveis.

Confira as variações de cada grupo:

  • Alimentação e bebidas: 1,12%
  • Despesas Pessoais: 0,81%
  • Saúde e Cuidados Pessoais: 0,81%
  • Vestuário: 0,76%
  • Educação: 0,61%
  • Artigos de residência: 0,08%
  • Comunicação: -0,30%
  • Habitação: -0,37%
  • Transportes: -5,24%

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();