Breaking news

“Chamo o governo petista de governo das trevas”, detona Damares Alves, ex-ministra da Mulher (veja o vídeo)


Em entrevista exclusiva à equipe da TV JCO em Brasília, Damares Alves, ex-ministra da Mulher, soltou o verbo e abordou diversos assuntos polêmicos, como o estrago provocado pelas políticas lulopetistas:

“Chamo o governo petista de governo das trevas. Um governo que não teve cuidado com as crianças. A esquerda conduziu muitas políticas equivocadas no país, inclusive políticas que faziam apologia à erotização de crianças”, ressaltou.

Recentemente, Damares ficou no centro de uma polêmica ao divulgar vídeos relembrando as cartilhas do PT. O partido entrou na justiça para tirar as postagens do ar, mas a Procuradoria Geral Eleitoral reconheceu que os vídeos não eram 'fake news'.

“Cartilhas foram parar na mão de crianças. Ao invés de prevenir o uso de drogas, incentivavam a consumir drogas. A justificativa equivocada era: ‘Já que estão usando, vamos ensinar a usar direito’.

Como eu vou dizer a um menino como usar crack? Como eu vou ensinar a um adolescente a usar cocaína??”, questionou.

Ativismo judicial: “Estão extrapolando os limites, isso é muito grave, coloca em risco nossa democracia”


A ex-ministra também criticou duramente o ativismo judicial.

“Estamos vendo o STF legislando no lugar do Congresso, mas, aqueles homens que estão no Supremo representam quem, o povo? Eles foram eleitos com voto popular? Não! Estão extrapolando os limites, isso é muito grave, coloca em risco nossa democracia”, alertou.


Perseguição aos cristãos

Damares relembrou ainda os dolorosos ataques que sofreu por ser cristã:

“Por que uma mulher religiosa, evangélica, cristã, não podia ser ministra dos Direitos Humanos? O que aconteceu comigo foi tão absurdo, ninguém precisava passar pelo que eu passei. Zombaram da minha fé, zombaram da minha igreja, zombaram do meu Deus”, lamentou.

Confira:

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();