Breaking news

Bolsonaro e Michelle vão à missa em paróquia de Brasília. VÍDEO!



Igreja Católica celebra a solenidade da Assunção de Nossa Senhora

Enquanto o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) toma iniciativas para avançar no segmento evangélico, o presidente Jair Bolsonaro (PL) acena aos eleitores católicos. Neste domingo (21), o chefe do Executivo participou de uma missa na Paróquia Nossa Senhora da Esperança, na Asa Norte, em Brasília.

Bolsonaro usava um colete à prova de balas por baixo da camisa e estava acompanhado da primeira-dama, Michelle Bolsonaro, e dos ministros do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno, da Saúde, Marcelo Queiroga, e do Turismo, Carlos Brito.

A Igreja Católica celebra a solenidade da Assunção de Nossa Senhora. O presidente é devoto de Nossa Senhora Aparecida. O casal acompanhou a celebração por uma hora e meia. Ele deixou a paróquia às 11h e retornou ao Palácio da Alvorada sem falar com a imprensa.

Durante a solenidade religiosa, o candidato à reeleição foi aplaudido pelos fiéis a pedido do padre. Não houve pedido de votos nem discurso em favor do presidente por parte do ministrante.

Na pesquisa Datafolha divulgada na quinta-feira (18) mostra que Bolsonaro ampliou de 10 para 17 pontos percentuais sua vantagem sobre o ex-presidente Lula entre os evangélicos. O chefe do Executivo saltou de 43% para 49% das intenções de voto no segmento, enquanto o petista tem 32%.

Já entre os católicos, Lula tem vantagem de 25 pontos percentuais: 52% contra 27%. Bolsonaro, no entanto, teve um crescimento, embora dentro da margem de erro, entre os católicos desde julho. O Datafolha também mostrou que 50% do eleitorado se declara católico, e 27%, evangélico.

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();