Breaking news

“Militar que opina sobre política deve ser punido rigorosamente ”, diz petista Zé Dirceu condenado por associação criminosa, corrupção ativa e lavagem de dinheiro



Petista condenado do mensalão citou países que tomaram a medida

O ex-ministro da Casa Civil José Dirceu (PT) disparou críticas contra a participação de militares na política brasileira. Ele defendeu que o militar deve sofrer punição quando emitir opinião sobre política.

– Militar quando opina sobre política tem que ser punido pelo comandante, seja o governador, seja o presidente da República. Não é possível – disse em entrevista ao jornalista Breno Altman, do Opera Mundi.

LEIA TAMBÉM: 

A entrevista, que foi ao ar em junho, teve o trecho resgatado por internautas neste fim de semana. Dirceu assinalou que os brasileiros devem “conter os avanços das Forças Armadas sobre a política”. Ele citou como exemplo países como Uruguai, Chile, Argentina, França e Estados Unidos, que recentemente afastaram para a reserva ou processaram militares autores de declarações ou ações políticas.

Membro fundador do PT, o ex-ministro deixou claro os esforços da chapa Lula-Alckmin contra atuação de militares.

– Ou é isso ou não há democracia, porque não pode haver uma disputa política entre os que estão com armas e o povo desarmado. A soberania popular é desarmada, se manifesta nas urnas – declarou.

2 comentários:

  1. O militar da ativa não dá opinião e nem se manifesta, nem isolado, no meio de seus pares ou publicamente. No governo, TODOS OS MILITARES que esse patife, canalha e mal caráter se refere estão não reserva, deste modo, pode e deve se manisfestar.

    ResponderExcluir
  2. e os cara do "essetê_efi" podi fazê pulitica .. é nóis mano!

    ResponderExcluir

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();