Breaking news

Marcha para Jesus mobiliza impressionante multidão de fiéis em São Paulo


 

Milhares de pessoas participam da Marcha para Jesus neste sábado (9), em São Paulo capital. Promovido pela Igreja Renascer em Cristo e idealizado pelo apóstolo Estevam Hernandes, o evento marca a volta do formato original após três anos, devido a pandemia, e comemora sua 30ª edição.

A última edição, realizada em 2019, contou com cerca de três milhões de pessoas, e tudo indica que o número deste ano não ficará aquém. Vídeos que mostram a dimensão da multidão presente estão sendo espalhados pelas redes sociais. A primeira-dama Michelle Bolsonaro também compartilhou as imagens impressionantes, citando a passagem bíblica de 2 Crônicas 7:14.

– Se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face, e se converter dos seus maus caminhos, então, eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra – diz o trecho bíblico.

O evento conta com a participação do presidente Jair Bolsonaro (PL), que discursou para a multidão nesta manhã, compartilhando que o povo brasileiro faz parte de suas orações diárias.

Em entrevista durante o evento, o chefe do Executivo reiterou a defesa de pautas conservadoras posicionando-se contrariamente à legalização do aborto e das drogas e à ideologia de gênero.

– Não queremos isso para nossa pátria – disse o presidente.

Um mega palco foi montado na Praça Heróis da Força Expedicionária Brasileira, onde grandes nomes da música gospel se apresentarão até as 22h.

 LEIA TAMBÉM: 

EVENTO OFICIAL

A Marcha para Jesus faz parte do calendário oficial do País desde setembro de 2009, quando a Lei Federal nº 12.025 foi sancionada. Em São Paulo, o evento conta com o apoio da prefeitura de São Paulo, Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), SPTrans/Atende, São Paulo Turismo e Polícia Militar.

O evento chegou ao Brasil em 1993. Naquele ano, já sob a coordenação do apóstolo Estevam Hernandes, foi realizada a primeira edição que saiu da Avenida Paulista, desceu a Avenida Brigadeiro Luís Antônio e chegou ao Vale do Anhangabaú para a concentração. Desde então, o evento já foi realizado em países como Argentina, Canadá, Colômbia, Cuba, Estados Unidos, Finlândia, França, Itália, Japão, Moçambique, Rússia, entre outros. Em 2022, a Marcha aconteceu pela oitava vez em Israel, durante a caravana apostólica que visitou o país em junho.

Um comentário:

  1. Chupa Rede Podre de Putaria. O povo de bem não tolera mais as suas novelas de orgias e a sua degradação moral. E vcs esquerdoides e doentes mentais, mudem para a Argentina, Venezuela ou Cuba.O Brasil não suporta mais a ignorância de vcs.

    ResponderExcluir

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();