Breaking news

Anitta pede a Lula para legalizar as drogas no Brasil; assista


‘Sou super a favor da legalização das drogas para que as pessoas possam ter empresas que pagam impostos e geram empregos’, declarou a cantora

A cantora Anitta defendeu a legalização da maconha durante uma live que realizou com o rapper Filipe Ret no Instagram. Durante o papo, que aconteceu na última terça-feira, 12, a artista disse que acredita que essa é uma forma de gerar empregos e de acabar com as milícias.

“Eu, Anitta, não posso fumar porque tenho alergia a fumaça, até no meu show eu não posso usar aquela fumacinha que fico toda f*dida para cantar, porém eu sou super a favor da legalização das drogas, da maconha, para que as pessoas possam ter empresas legalizadas que pagam impostos e geram empregos. Acabando com essa guerra que só quem ganha são os ricos, as milícias, e só quem morre é o podre”, declarou.

Na visão da cantora, independente da legalização, as pessoas vão continuar fumando, por isso, acha que o melhor caminho é produzir e vender a droga de uma forma que não seja ilegal. “O povo vai continuar usando do mesmo jeito, entendeu? Nunca vi o Ret vendendo droga para ninguém, ele fuma maconha, faz as coisas dele e está tudo certo. Por mim, tinha mais que virar empresa que paga imposto ao invés de deixar esse povo rico, lavando dinheiro sei lá como.”

A artista, que recentemente declarou apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva nas eleições presidenciais deste ano, pediu ajuda ao pré-candidato do PT. “Será que o Lula apoia isso, gente? Apoia isso aí, Lula. Estou te dando o maior ‘apoião’. Apoia essa legalização aí para nós”, pediu a dona do hit Envolver.


2 comentários:

  1. Meu Deus .... o mulherzinha burra.

    ResponderExcluir
  2. Essa carcaça de gente, só não tem alergia é a rôla e taturana. É uma idiota feia e horrorosa, com esses beiços de borracha e esse seu cool decorado. Ridícula mil vezes!!

    ResponderExcluir

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();