Breaking news

Distorção em pesquisa no Sul explica ‘vantagem’ de Lula que nem nas ruas sai porque é vaiado e chamado de ladrão



Alguns institutos de pesquisa têm apontado, no Sul, um desempenho do ex-presidente Lula incompatível com o histórico de derrotas do petista, mesmo quando esteve no auge, e isso explicaria a suposta vantagem de mais de vinte pontos sobre o atual presidente Jair Bolsonaro. Essa é a avaliação do presidente do Paraná Pesquisas, Murilo Hidalgo, com vasta experiência em pesquisas no Sul, que sempre foi hostil ao ex-presidente.


Supremacia em SC

Na eleição de 2018, Bolsonaro foi o mais votado em quase todos os municípios Santa Catarina, alguns com quase 90% dos votos no 2º turno.

Favoritismo no PR

No Paraná, o atual presidente foi eleito com 76,5% dos votos, no segundo turno da disputa, e o favoritismo permanece até hoje.


O mais votado no RS

No Rio Grande do Sul, Bolsonaro foi o mais votado em 400 das 497 cidades. Em Novoa Pádua, na Serra Gaúcha, ele somou 92,96% do total.


No Nordeste, Lula

A vantagem de Jair Bolsonaro no Sul só é comparável à goleada prevista de Lula na região Nordeste.

8 comentários:

  1. No estAdo da Bahia ele ainda tem votos,mas no restante do Nordeste não Bom lembrar que a Bahia é o estado mais analfabeto do pais

    ResponderExcluir
  2. GOLEADA NO NORDESTE???? Kkkk Vc está EQUIVOCADO! O Nordeste agora é Bolsonaro! O povo nordestino ACORDOU e não se deixa levar pelas mentiras do LULADRÃO que manteve os nordestinos na miséria e seca! O Nordeste viverá com Bolsonaro uma explosão de desenvolvimento!!

    ResponderExcluir
  3. Sou do Nordeste...Nordeste Acordou.

    ResponderExcluir
  4. A referência é com relação a eleição de 2018

    ResponderExcluir
  5. Engana-se quem acha que Bolsonaro tem pouco voto no Nordeste.

    ResponderExcluir
  6. BolsoMito vai tomar no Cú seu psicopata genocida vagabundo sem vergonha, miliciano bandidoooo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lula ladrão seu lugar é num caixão.

      Excluir

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();