Breaking news

URGENTE: Aras arquiva notícia-crime de Bolsonaro contra Alexandre de Moraes por abuso de poder



O procurador-geral da República, Augusto Aras, arquivou nesta quinta-feira (26) o pedido feito pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) para investigar o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

O PGR não entrou no mérito da questão. A justificativa para arquivar o caso é que há duplicidade de ações, já que Bolsonaro também encaminhou ao STF pedido de abertura de inquérito contra Moraes.

“Em face do exposto, tendo em vista o aspecto formal descrito e para evitar duplicidade de procedimentos, determino o arquivamento desta notícia-crime”, decidiu o PGR.

Dessa forma, Aras não se indispõe totalmente com Bolsonaro, porque deixa de afirmar que inexiste indícios para investigar Moraes. Ao mesmo tempo, evita conflito com o STF, porque não pede abertura de inquérito contra o ministro.

O ministro Dias Toffoli negou o pedido de Bolsonaro na semana passada. Depois disso, o presidente recorreu à Procuradoria-Geral da República (PGR) e ao próprio STF.

Agora, depende de Toffoli definir quando o recurso será julgado, e se o caso será encaminhado ao plenário físico ou ao plenário virtual do STF.

Ministros da Corte consultados reservadamente pela CNN Brasil acreditam que o plenário confirmará a decisão de Toffoli de não abrir o inquérito contra o colega.

LEIA TAMBÉM: 


Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();