Breaking news

PIS/Pasep: Cotas têm R$ 23 bilhões esquecidos; veja como consultar


Quando se fala em PIS/Pasep a lembrança é quase sempre o abono salarial. No entanto, o governo federal aponta que cerca de R$23 bilhões estão esquecidos nas chamadas cotas PIS/Pasep.


O que são as essas cotas?

Diferente do abono salarial, as cotas PIS/Pasep é o dinheiro para quem trabalhou via CLT ou era servidor público entre 1971 e 1988. Caso o trabalhador ainda não tenha feito o saque, o valor está disponível.


Como consultar?

Para saber se você tem esse dinheiro à disposição, é preciso baixar o aplicativo do FGTS ou ir até uma agência da Caixa munido de qualquer documento oficial com foto para fazer a consulta.

LEIA TAMBÉM: 


Herdeiros ou familiares podem sacar?

  • Sim. Caso o trabalhador tenha falecido, um herdeiro ou familiar do beneficiário pode fazer o saque. Para isso, é preciso ir até uma agência da Caixa ou do BB com um dos seguintes documentos:
  • Certidão de óbito do familiar e declaração de dependente habilitado à pensão por morte emitido pelo INSS;
  • Certidão de óbito e a certidão ou declaração de dependente habilitado à pensão por morte emitida pela entidade empregadora;
  • Através de um alvará judicial designando os beneficiários ao saque;
  • Escritura pública de inventário


Até quando posso sacar?

Os valores estarão disponíveis nas contas até o dia 1º de julho de 2025. Caso não sejam resgatados, eles voltam para os cofres públicos e poderá ser usado pelo governo.

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();