Soldado russo é preso após estuprar bebê e divulgar vídeo


Alexei Bychkov enviou a gravação a um colega, que espalhou nas redes sociais

O soldado russo Alexei Bychkov, de 24 anos, foi preso neste sábado (9) por estuprar um bebê e compartilhar imagens do ato. O militar enviou a gravação para um colega, que compartilhou o vídeo com outras pessoas. As informações são do jornal britânico The Sun.

A gravação foi disseminada primeiramente pelo Telegram e posteriormente em outros aplicativos, como o Twitter.

Olexander Scherba, diplomata ucraniano que trabalhou na Áustria como embaixador até 2021, publicou a foto do homem em seu perfil no Twitter e afirmou que recebeu o vídeo.

– Conheça um monstro. Um estuprador de bebês. Alguém me enviou o link do que ele fez. Eu sei o que está nele. Eu não pude assistir – escreveu.

Ainda não se sabe quando e onde as imagens foram feitas. Suspeita-se que foi durante o conflito na Ucrânia, mas nada foi confirmado oficialmente. Não é a primeira vez que o soldado se envolve em episódios de abuso sexual. Ele já foi acusado de compartilhar outros vídeos de cunho pedófilo com amigos.

LEIA TAMBÉM:

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();