Petista comete crime para tentar voltar à prisão para reencontrar namorado


Caso aconteceu no Mato Grosso do Sul

Em Dourados, Mato Grosso do Sul, um homem de 39 anos, que estava em liberdade condicional, cometeu crimes para tentar voltar à prisão. Em menos de 24 horas, ele foi preso duas vezes. As informações são do portal G1.

O homem revelou aos policiais que praticou furto e dano ao patrimônio público para que pudesse ficar junto ao namorado dele, que está detido na Penitenciária Estadual de Dourados.

Na noite da última segunda-feira (11), o homem furtou uma bicicleta e ficou no local do crime até ser visto. Ele acabou sendo solto para responder em liberdade e, por isso, decidiu danificar um vaso sanitário na praça Antônio João.

– Assim que saiu da delegacia já foi fazer um segundo furto e em seguida danificou o patrimônio público [vaso sanitário], daí foi preso hoje cedinho, porque ficou parado ao lado do posto da Guarda Municipal esperando ser preso – contou o delegado Gabriel Desterro.

O delegado conversou com o homem a respeito da progressão de regime e livramento condicional, que poderiam ser aplicados no caso do namorado dele. No entanto, o homem avisou que “se fosse solto, iria matar alguém para ser preso e poder falar com um juiz”.

– Me prende pelo amor de Deus, sem ele nada faz sentido – disse ainda o infrator ao delegado.

Desterro contou que o homem está preso na 1ª Delegacia de Polícia de Dourados. Ele aguarda para participar de audiência de custódia e, assim, saber se conseguirá voltar para a penitenciária da cidade.

LEIA TAMBÉM:

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();