Em atitude criminosa, Procuradora Renata Bessa do Estado do Maranhão simula facada em Bolsonaro; (Veja o vídeo)


 

A procuradora do estado do Maranhão, Renata Bessa, foi gravada no que parece ser uma reunião de família e amigos para fazer a ‘malhação do Judas’, ato simbólico e polêmico de ‘vingança’ contra o apóstolo que, segundo o Novo Testamento, traiu Jesus e o entregou aos romanos, por trinta moedas.

No vídeo, ela esfaqueia o ‘boneco do Judas’ pendurado em um pilar, na altura do estômago enquanto uma voz, ao fundo, diz ser mais embaixo. Em seguida ela sobe em uma escada improvisada de palanque e diz:

“Digo que Judas é Bolsonaro e a gente vai malhar ele com gosto, depois dele deixar o Brasil todinho desse jeito. A gente vai malhar e vai votar certo na próxima”

Em seu Twitter, a procuradora, que se diz aluna de direito constitucional de Flávio Dino, o governador comunista do Maranhão, se defende, alegando que fará de novo no próximo ano e que está exercendo seu direito democrático de manifestação.

No final ela ainda diz que tomará as atitudes cabíveis, o que indica que deve ter recebido uma enxurrada de mensagens de repúdio e até mesmo ataques pessoais nas redes (neste momento, bloqueada para visualizações).

O ato, entretanto, pode ser caracterizado como incitação ao ódio e ataque à instituição da Presidência da República.

Ou será que só vale quando é contra o judiciário?

Com a palavra o TSE, o STF e demais autoridades!


Veja o vídeo:

LEIA TAMBÉM:

 

Um comentário:

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();