Dilma sofreu impeachment e não ficou inelegível, o STF agiu para que ela não perdesse os direitos políticos, Daniel Silveira foi cassado pelo STF, condenado a prisão e ainda perdeu os direitos políticos


A ex-presidente Dilma Rousseff perdeu seu cargo por meio de um processo de impeachment, porém ela não perdeu os direitos políticos. 

Lewandowski ministro do STF autorizou uma votação para que os senadores decidissem sobre a perca dos direitos políticos de Dilma Rousseff.

Direitos políticos são aqueles previstos pela Constituição que dizem respeito à participação popular no processo político. Dizem respeito, em outras palavras, à atuação do cidadão na vida pública de determinado país. Sua perda consiste na inelegibilidade da pessoa e também na perda do direito de exercer cargo público.

O Senador Álvaro Dias questionou em seu Twitter que Dilma Rousseff perdeu seu mandato mas não perdeu seus direitos políticos,  senador entrou com ação em 2016 no Supremo Tribunal Federal (STF) com mandado de segurança no qual pede a anulação da decisão que deu os direitos políticos a Dilma, mas até hoje o STF não julgou.

Dilma perdeu o mandato e não ficou inelegível. Decisão estapafúrdia. Levantei questão de ordem e não fui atendido. Ingressei com mandado de segurança e o Supremo até hoje não julgou! Você sabe porque !

LEIA TAMBÉM:

 

Um comentário:

  1. É muita corrupção envolvida. O STF está mais para uma quadrilha de bandidos.

    ResponderExcluir

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();