Breaking news

Bolsonaro diz que há 90% de chance do General Braga Netto ser vice


Presidente reforçou que o general é o nome mais cotado para compor sua chapa

O presidente Jair Bolsonaro (PL) reforçou nesta segunda-feira (11) que o general Walter Braga Netto, ex-ministro da Defesa e hoje alocado em um cargo de confiança no Palácio do Planalto, é o nome mais cotado para assumir o posto de vice na chapa pré-candidata à reeleição.

– [Há] 90% de chance de ser o Braga Netto – declarou o presidente em entrevista ao grupo O Liberal, do Pará.

Braga Netto é a figura mais cotada para a vaga desde que Bolsonaro começou a sinalizar nos bastidores que gostaria de um vice militar. Em março, o chefe do Executivo disse que seu vice seria um militar de Belo Horizonte, perfil do general. O chefe do Executivo destacou, no entanto, que a decisão ainda não tinha sido fechada.

LEIA TAMBÉM:

– Meu vice, atualmente, é um general de Exército. Então, pode ser que eu continue, não estou batendo o martelo aqui, pode ser que eu continue também com outro general de Exército. Isso dá credibilidade à chapa, respeitabilidade – disse o presidente na entrevista.

O chefe do Executivo aproveitou para ampliar críticas e cobranças ao ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). Na entrevista, questionou o pedido de prisão decretado contra o deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ).

– Por mais errado que esteja o Daniel Silveira; le falou muita coisa ofensiva, ninguém duvida disso aí; a pena não pode ser cumprir preventivamente nove anos de cadeia. Um deputado federal! – ressaltou o líder.

O presidente também criticou a suposta inação de Moraes às falas do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), principal adversário do governo nas eleições deste ano, por incentivar militantes a “incomodar” parlamentares.

– Isso é uma interferência, é um crime. Isso é um ato antidemocrático, Alexandre de Moraes. Vai ficar quieto? Vai ficar quieto? – questionou.

*AE


Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();