Sergio Moro desiste de ser candidato a presidente se filia ao União Brasil e vai ser candidato a deputado federal por São Paulo



O ex-juiz Sergio Moro desistiu de disputar a Presidência da República e será candidato a deputado federal por São Paulo. A informação foi divulgada pela assessoria de imprensa do deputado Alexandre Leite (União Brasil) e confirmada ao GLOBO pela equipe de comunicação do ex-ministro.

Ex-juiz da Lava Jato também saiu do Podemos depois de só 5 meses e entra no União Brasil

O ex-juiz Sergio Moro desistiu nesta 5ª feira (31.mar.2022) de ser candidato a presidente da República. Depois de ter ficado quase 5 meses no Podemos, filiou-se ao União Brasil. Segundo nota do seu novo partido, o ex-ministro deve disputar uma vaga na Câmara dos Deputados por São Paulo.

A ideia da sigla é formar uma chapa única da chamada 3ª via com PSDB e MDB.

O presidente do União Brasil em São Paulo, deputado Alexandre Leite, disse que “este ato foi um gesto de boas vindas. Moro vem para o União com a expectativa de ser um dos deputados mais votados da história do país. Daremos todas as condições para isso”.

Moro foi ao União Brasil para ser um “soldado” e aceitará as determinações da sigla, segundo o deputado Junior Bozzella (União Brasil-SP).

“Ele é um filiado como outro qualquer. Ele foi muito humilde, muito singelo no sentido de se colocar como um soldado do União Brasil. Aquilo que o União Brasil decidir, onde ele possa atuar em benefício do povo paulista e do povo brasileiro”, declarou.

Em conversa com jornalistas, Bozzella disse que Moro teve muito “desprendimento” ao ir para o União. Ao contrário de Alexandre Leite, ele não confirmou que o ex-juiz irá disputar vaga na Câmara.

Segundo ele, Moro aceitará a decisão do partido, podendo até mesmo ser candidato a vice-presidente em uma chapa organizada pela 3ª via. Ao mesmo tempo, Bozzella declarou que seria ótimo ter o ex-ministro em uma chapa para deputado.

“Eu acho que a grandeza de vir para o partido já sabendo que você não tem a garantia de uma candidatura X, Y ou Z. Acho que já está mais claro do que nunca que você se coloca à disposição como um soldado. Não vejo dificuldade nenhuma”, afirmou.

DECISÃO DE MORO

A saída de Moro do Podemos já tinha sido considerada em janeiro deste ano. Na época, a presidente da sigla e deputada federal Renata Abreu (SP) confirmou ao Poder360 que houve uma conversa com a sigla sobre o assunto, mas sem avanço. A deputada indicava que o mais provável seria uma aliança entre os 2 partidos.

Na 2ª feira (28.mar), Moro se encontrou com o presidente nacional do União Brasil, deputado Luciano Bivar, em Brasília. Eles discutiram o cenário eleitoral da chamada “3ª via”. “Bivar seria um ótimo vice-presidente ou cabeça de chapa. Estaremos juntos de 2022 a 2026, pelo menos”, declarou o ex-juiz na época.

Em 24 de março, o Podemos fechou apoio à pré-candidatura de ACM Neto (União Brasil) ao governo da Bahia. O acordo envolvia espaço no palanque de ACM Neto para Moro.

O União Brasil conversa com o PSDB e o MDB para a construção de uma candidatura única. Também em 24 de março, o governador João Doria (PSDB), a senadora Simone Tebet (MDB), Bivar, o presidente do MDB, Baleia Rossi, e o vice-governador paulista, Rodrigo Garcia (PSDB) se reuniram para discutir o tema. O partido de Bivar ainda não apresentou nome das próprias fileiras para a corrida à Presidência da República.

Pesquisa PoderData, realizada de 27 a 29 de março de 2022, mostra o atual desempenho dos pré-candidatos da chamada 3ª via empatados. Moro é aquele que fica a frente, com 6% das intenções de voto. Empatados na margem de erro da pesquisa (2 pontos percentuais) estão Doria, com 3%; André Janones (Avante), com 2%; e Leite e Simone Tebet (MDB), com 1% cada um.

Foram 3.000 entrevistas em 275 municípios nas 27 unidades da Federação. A margem de erro é de 2 pontos percentuais. O intervalo de confiança é de 95%. O registro no TSE é BR 06661/2022.

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();