Breaking news

Presidente Bolsonaro se emociona ao receber brasileiros, ucranianos e argentinos resgatados pela FAB da guerra da Ucrânia; ASSISTA


Presidente foi à Base Aérea da capital federal e conversou com os resgates; são 42 brasileiros e 20 ucranianos

O avião KC-390, da FAB (Força Aérea Brasileira), enviado para o resgate de brasileiros à Polônia, pousou em Brasília na manhã desta 5ª feira (10.mar.2022). A aeronave saiu de Varsóvia, capital polonesa, com 42 brasileiros vindos da Ucrânia por causa da guerra com a Rússia. Também chegaram ao Brasil 20 ucranianos, 5 argentinos e um colombiano. Entre os passageiros, estão 14 crianças.

O presidente Jair Bolsonaro (PL) participou da recepção e do desembarque do grupo de resgatados na Base Aérea de Brasília ao lado da primeira-dama, Michelle Bolsonaro, e de ministros. Um dia antes, em suas contas oficiais nas redes sociais, o chefe do Executivo publicou vídeo em que aparecia fazendo chamada por vídeo com pessoas do avião. “Vou dar um abraço em vocês aqui na Base aqui em Brasília”, disse.

LEIA TAMBÉM:

Assista ao momento da chegada do avião (4m1s):

Antes de seguir para a Base Aérea, o presidente publicou um vídeo no Facebook em que um narrador desconhecido defende a neutralidade do Brasil ao não impor sanções à Rússia. Ele afirma que a imparcialidade traz estabilidade econômica para o país. Na narração, o homem diz, porém, que Bolsonaro se posicionou favorável à pacificação e contrário à guerra.

O governo também permitiu que os cidadãos resgatados trouxessem seus animais de estimação no voo. São 8 cachorros e 2 gatos. Nas redes sociais, o perfil do Itamaraty divulgou imagens dos animais resgatados.

O ministro Carlos França (Relações Exteriores) disse que o governo vai oferecer vistos humanitários aos ucranianos que estavam no voo. Assista (1m14s):

A FAB também publicou em suas páginas nas redes sociais imagens do embarque dos brasileiros. O comandante da corporação, brigadeiro do ar Baptista Jr., afirmou que a aeronave é parte do país. “Aí estão nossos irmãos, ‘entrando’ no nosso Território Nacional. Sim, nossas aeronaves militares são parte do nosso Brasil”, disse.

O envio do avião foi uma orientação dos ministérios da Defesa e das Relações Exteriores, a pedido da Presidência. Apesar de só uma aeronave ter sido enviada, outra também estava disponível, conforme a FAB anunciou em 26 de fevereiro.

O conflito entre Rússia e Ucrânia já dura 15 dias. Mais de 2 milhões de pessoas já deixaram o território ucraniano por causa da guerra.

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();