Breaking news

Personal que agrediu morador de rua diz que esposa teve surto


Homem flagrou sua mulher tendo relações com um mendigo, em Planaltina (DF)

Um personal trainer foi acusado de agredir um morador de rua após flagrar a esposa tendo relações sexuais com o mendigo, em Planaltina (DF). Em nota enviada à coluna Na Mira, do Metrópoles, Eduardo Alves, de 31 anos, disse que sua companheira foi vítima de violência sexual.

O educador físico alegou que a mulher estava em surto psicótico e, portanto, não teria ocorrido relação extraconjugal consensual e sim estupro.

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) continua investigando o caso, que foi registrado na 16ª Delegacia de Polícia (Planaltina).

LEIA TAMBÉM:

ENTENDA O CASO

Eduardo teria flagrado a própria esposa fazendo sexo com o mendigo. O caso aconteceu na madrugada da última quinta-feira (10).

Câmeras de monitoramento registraram as agressões. A mulher do personal e a sogra dele saíram de casa para ajudar o morador de rua. Depois, as duas teriam se separado.

Sem conseguir contato com a mulher via telefone, ele foi até um Centro de Ensino Fundamental Paroquial. Ao se aproximar, Eduardo viu o carro usado pela esposa dele. Foi então que o personal flagrou a companheira e o mendigo tendo relações dentro do veículo.

O marido disse à Polícia Civil do DF (PCDF) que acreditou que se tratava de um estupro. Porém, a esposa dele disse aos agentes que as relações foram consentidas.

A mulher contou ainda aos policiais que tinha interesse em ajudar pessoas vulneráveis por meio da igreja. Além disso, ela teria dito a um amigo, que havia recebido uma “mensagem de Deus” para ajudar o homem com quem foi flagrada.

Todos os envolvidos foram para a 16ª Delegacia de Polícia (Planaltina), que está responsável por investigar o caso.

O morador de rua foi levado a um hospital. Ele estava com os dois olhos roxos, mas passa bem.

Eduardo prestou depoimento e foi liberado, mas poderá responder por lesão corporal.

O portal R7 teve acesso a gravações de áudio em que a mulher relata o ocorrido. Ela disse que encontrou o mendigo enquanto estava com a sogra e que ele pediu para encontrá-la depois, o que ela concordou. Porém, as declarações da mulher apontam certa confusão mental, visto que ela chegou a dizer que por vários momentos via o homem como se fosse o marido dela.

Veja as imagens, abaixo:

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();