Mulher atira no marido por ele esconder mensagens no celular


Ela afirmou que queria apenas assustá-lo

Um homem foi baleado pela própria esposa após se recusar a mostrar as mensagens que haviam em seu celular, nesta quarta-feira (9), em Pacaembu, no interior de São Paulo. A mulher, de 32 anos, foi presa em flagrante por tentativa de homicídio.

A vítima, um agente penitenciário, foi socorrido por uma ambulância e não corre risco de vida. Ele apresentava um ferimento nas costas com saída no abdômen.

À Polícia Militar, a mulher afirmou que havia discutido com o marido por causa de mensagens no celular do companheiro. Disse ainda que, no meio da briga, pegou a arma do marido na gaveta com o “intuito de assustá-lo”. Após nova recusa em mostrar o conteúdo do telefone, ela ficou “muito nervosa e apertou o gatilho”.

De acordo com os agentes, a mulher aparentava estar em “estado de choque” e relatou o ocorrido com “muita dificuldade”.

A atiradora negou que tivesse intenção de machucar o companheiro, e que ela mesma estancou o sangramento até a chegada da ambulância. O revólver calibre .38 foi apreendido com seis munições, sendo cinco delas intactas e uma deflagrada.

A prisão em flagrante da mulher foi convertida para preventiva durante audiência de custódia. Ela segue à disposição da Justiça.

LEIA TAMBÉM:

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();