Breaking news

Governo Bolsonaro anuncia liberação de saque do FGTS, antecipação de 13º e empréstimos de R$ 1000 até para negativados

Governo também divulgou a ampliação do crédito consignado, que passa a atender beneficiários de programas sociais como o Auxílio Brasil, além de aposentados e pensionistas do INSS

O governo anunciou nesta quinta-feira (17) que vai liberar o saque de até R$ 1.000 do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) a trabalhadores com contas ativas ou inativas.

“Serão 42 milhões de brasileiros que serão beneficiados. Os saques poderão ser feitos entre 20 de abril e 15 de junho”, afirmou Pedro Guimarães, presidente da Caixa Econômica Federal, durante a cerimônia de lançamento do programa. Mas o saldo ficará disponível para retirada até o dia 15 de dezembro.

“Vamos injetar R$ 30 bilhões na economia “, disse o ministro da Economia, Paulo Guedes.

Para fazer o saque do FGTS, o trabalhador tem três caminhos para consultar seu saldo: SMS, correspondência ou pelo aplicativo para smartphone. Confira aqui como fazer.

A medida faz parte de um pacote de emprego e renda, que também prevê a antecipação do 13º salário de aposentados e pensionistas, a ampliação do crédito consignado e política sobre microcrédito para população de baixa renda.

Somadas, as medidas podem injetar mais de R$ 150 bilhões na economia. Como base de comparação, vale destacar que o valor total dos pagamentos do Auxílio Brasil é estimado em R$ 80 bilhões neste ano.

LEIA TAMBÉM:

13º Salário

Cerca de 30,5 milhões de aposentados e pensionistas do INSS terão o 13º salário adiantado. Este é o terceiro ano que o governo antecipa o 13º para beneficiários do INSS, tradicionalmente pago nos meses de agosto e novembro. A primeira parcela, com 50% do valor do benefício, deve ser paga entre 25 de abril e 6 de maio. A segunda entre 25 de maio e 7 de junho.

“A antecipação tem o objetivo de amenizar os reflexos econômicos causados pela pandemia da Covid-19 durante o ano de 2021, que ainda repercutem em 2022. Ao todo, a medida injetará na economia cerca de R$ 56,7 bilhões”, diz o ministério da Economia.


Microcrédito

O governo anunciou um programa de microcrédito para pessoas física a partir de 28 de março. Serão emprestados até R$ 1.000 que poderão ser pagos em até 24 parcelas com juros de 1,95% ao mês. O crédito vale, inclusive, para os negativados. O programa, chamado SIM Digital, prevê atingir ainda 4,5 milhões de empreendedores.


Consignado

Para o crédito consignado, o governo anunciou a ampliação dos atuais 35% do valor do benefício para até 40%. Além dos aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), agora beneficiários de programas sociais como BPC/Loas e do Auxílio Brasil também terão acesso ao empréstimo consignado. De acordo com nota do Ministério da Economia, as mudanças devem beneficiar mais de 50 milhões de brasileiros. A previsão é entregar cerca de R$ 77 bilhões em empréstimos consignados para esse público.


Confira o calendário:

Mês de nascimento Data da liberação

Janeiro 20 de abril

Fevereiro 30 de abril

Março 4 de maio

Abril 11 de maio

Maio 14 de maio

Junho 18 de maio

Julho 21 de maio

Agosto 25 de maio

Setembro 28 de maio

Outubro 1º de junho

Novembro 8 de junho

Dezembro 15 de junho


Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();