Globo tem prejuízo de R$ 173 milhões em 2021


Retomada de eventos esportivos adiados pela pandemia elevou os custos da empresa em 2021

Nesta quinta-feira (31), a Rede Globo divulgou seu balanço financeiro do ano de 2021. Embora a receita líquida da empresa tenha crescido 15% em relação a 2020 e voltado ao estágio pré-pandemia, a emissora teve um prejuízo de R$ 173 milhões, contra um lucro de R$ 167 milhões no ano anterior. O prejuízo se deve a um aumento de despesas no ano de 2021, que foi impulsionado pelos custos dos atrasos de programações e eventos esportivos durante a pandemia.

Acontece que com a chegada da Covid-19, as produções ao vivo, gravações em andamento e eventos esportivos tiveram que ser suspensos. Com a retomada das atividades, os custos se elevaram, pois a emissora teve que bancar os pagamentos que haviam sido adiados. Boa parte do prejuízo se deve aos direitos de transmissão no esporte.

Somente com a Fifa, a Globo precisou negociar uma dívida de 90 milhões de dólares (cerca de R$ 426 milhões), devido a uma parcela atrasada de 2020 dos direitos da Copa do Mundo do Catar. A empresa ainda teve que bancar pagamentos de eventos como os Jogos Olímpicos de Tóquio e as mudanças no calendário do futebol brasileiro.

Segundo o balanço, as despesas aumentaram de R$ 9,4 bilhões em 2020 para R$ 11,8 bilhões em 2021. Como consequência, a dívida da empresa também subiu. O débito foi de R$ 5,5 bilhões para R$ 5,8 bilhões.

A receita líquida, por outro lado, cresceu de R$ 12,3 bilhões para 14,17 bilhões, atingindo o patamar em que estava antes da Covid-19.

Apesar do aumento da dívida, o diretor-geral de Finanças da Globo, Manuel Belmar, considera que o cenário é positivo. Segundo a mensagem que a empresa passou para o mercado, o faturamento está em alta e as contas, equilibradas.

– Apesar de 2021 ainda ter sido permeado por muitas incertezas, a Globo normalizou sua programação do horário nobre, com novos lançamentos nos três horários das novelas. O investimento no ambiente digital tem se mostrado um modelo vencedor, com o aumento da nossa base de Globo IDs [usuários identificados nas plataformas] – declarou Manuel Belmar, segundo informações do portal Notícias da TV.

Um comentário:

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();