Bolsonaro tem alta após internação hospitalar e parte para agenda em Ponta Porã-MS para entrega de títulos de terras, computadores, etc: ‘pronto para o combate’

O presidente Jair Bolsonaro foi hospitalizado brevemente na noite de ontem, mas já teve alta e manteve a agenda de hoje, que inclui a entrega de títulos de propriedade rural e computadores e wi-fi para escolas. O ministro das Comunicações, Fábio Faria, mostrou o presidente, bem-humorado, a caminho do avião, dizendo: “pronto para o combate”.

- MATO GROSSO DO SUL: Bolsonaro entrega de 2,6 mil documentos de titulação de terras no estado.

- Em 3 anos são mais de 337 mil títulos de terra entregues, número maior que o somatório dos últimos 17 anos de governos passados.

- Entrega Wi-Fi Brasil: cerca de 300 pontos conectando escolas públicas, unidades de saúde e povoados distantes, facilitando a comunicação, possibilitando expansão de empregos e interação familiar, além de 400 computadores para escolas públicas e comunidades.

- BB Crédito e cursos de capacitação para, os agora regularizados, pequenos produtores rurais.

Bolsonaro estava no Hospital das Forças Armadas, em Brasília, desde a noite de segunda-feira

O presidente Jair Bolsonaro (PL) recebeu alta, na manhã desta terça-feira (29), do Hospital das Forças Armadas (HFA), em Brasília, horas depois de dar entrada no local com desconforto abdominal. O comboio oficial de transporte da Presidência da República deixou o HFA por volta das 06h20 da manhã desta terça.

De acordo com a CNN Brasil, o médico do presidente, Antonio Macedo, informou que Bolsonaro melhorou e ninguém da equipe médica de São Paulo precisou ir a Brasília. Bolsonaro deu entrada no início da noite de segunda-feira (28) no HFA para realizar uma bateria de exames.

Ainda, o presidente teria sentido um desconforto abdominal durante a tarde e, por causa disso, se dirigiu à unidade de saúde. O objetivo da ida até o HFA era constatar se houve nova obstrução intestinal, como a apresentada pelo presidente em janeiro deste ano.

Bolsonaro era esperado no evento de filiação dos ministros Tarcísio Freitas e Damares Alves no Republicanos. O presidente da legenda, Marcos Pereira, anunciou que o líder não compareceria por causa de dores abdominais. A primeira-dama, Michelle Bolsonaro, que esteve no evento, disse que o presidente estava bem.

LEIA TAMBÉM:

 

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();