Bolsonaro desmoraliza ‘marginais’ do MST e homenageia Paulo Guedes: 'titularizamos mais que os governos de FHC, Lula e Dilma'



Durante cerimônia para regularização de terras no Distrito Federal, o presidente Jair Bolsonaro lembrou como seu governo vem promovendo uma ampla reforma agrária que já superou os governos de FHC, Lula e Dilma.

O presidente apontou um “capítulo muito especial” da reforma agrária, que é a retirada de poderes do MST. Bolsonaro disse: “a titulação tirou poder dos chefes do MST de manobrar pessoas humildes que se submetiam aos caprichos desses marginais”.

O presidente apontou que a regularização fundiária urbana é igualmente importante e que, no caso específico do Distrito Federal, envolveu o bom entendimento entre o presidente e o governador do Distrito Federal. Bolsonaro disse: “o bom entendimento entre os nossos governos leva a ações onde, na ponta da linha, o beneficiado é a população”. O presidente lembrou ainda: “o trabalho do Paulo Guedes não é tirar de quem tem e dar para quem não tem. É tirar da União e dar para os estados”.

LEIA TAMBÉM:

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();