Breaking news

Alexandre de Moraes humilha câmara dos deputados e manda Arthur Lira marcar dia para instalação de tornozeleira eletrônica em Silveira


Ministro do STF também determinou que Banco Central bloqueie contas e Câmara desconte eventual multa dos vencimentos do parlamentar. Silveira dormiu em gabinete para evitar ação policial e retomada do monitoramento eletrônico.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes definiu nesta quarta-feira (30) multa diária de R$ 15 mil caso o deputado Daniel Silveira (RJ) continue se recusando a ser monitorado por tornozeleira eletrônica.

Moraes também ordenou que o Banco Central bloqueie as contas bancárias ligadas a Silveira para garantir o pagamento da multa, caso ela se materialize.

O ministro do STF determinou ainda que o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), “indique dia, horário e local para a efetivação do monitoramento eletrônico do réu Daniel Silveira” e adote as providências para garantir o pagamento de eventual multa, descontando o valor diretamente nos vencimentos do parlamentar.


2 comentários:

  1. Realmente ,estamos na ditadura da TOGA. Quem vai parar Alexandre de Moraes???

    ResponderExcluir
  2. Alexandre quer é derrubar a Democracia,e está encarregado de implantar a Ditadura da Venezuela. Ditadura comunista. É verdade,se o STF está criando leis, e executando as mesmas. Pra q a existência da Câmara, e do Senado ? Vamos extinguir,não estão valendo nada.# DEUS acima de tudo,e de todos🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷Brasil é nosso.

    ResponderExcluir

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();