URGENTE: Alexandre de Moraes envia à PGR notícia-crime contra Bolsonaro, a acusação foi feita na última sexta-feira por um advogado, que diz que Bolsonaro descumpriu ordem judicial


Presidente é acusado por um advogado de ter praticado crime ao ter faltado a depoimento marcado pelo ministro do STF

O ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes encaminhou à Procuradoria-Geral da República (PGR) uma notícia-crime apresentada contra o presidente Jair Bolsonaro (PL) por ele ter faltado ao depoimento marcado na sexta-feira 28.

A acusação encaminhada por Moraes foi feita na última sexta-feira por um advogado, que diz que Bolsonaro descumpriu ordem judicial. No despacho de hoje, o ministro dá 15 dias para que a procuradoria se manifeste.

Na quinta-feira 27, Moraes determinou que Bolsonaro no âmbito do inquérito que apura o vazamento de investigação da Polícia Federal (PF) sobre ataque hacker às urnas eletrônicas.

Também nesta quarta-feira, 2, a delegada federal Denisse Ribeiro decidiu concluir o inquérito, mesmo sem colher o depoimento do presidente da República.

No documento, a delegada, minimizou a ausência de Bolsonaro no depoimento e disse que “não trouxe prejuízo ao esclarecimento dos fatos”.

Ela afirma que o presidente, o deputado Filipe Barros (PSL-PR) e o tenente-coronel Mauro Cesar Barbosa Cid, ajudante de ordens da Presidência da República, cometeram o crime de violação de sigilo funcional ao divulgarem o material.

Agora, as conclusões da Polícia Federal vão ser entregues ao ministro Alexandre de Moraes, responsável pelo caso. Ele deve encaminhar o inquérito da polícia a conclusão da PF para a Procuradoria-Geral da República.

Cabe à PGR analisar se vai denunciar os investigados, pedir para aprofundar as investigações ou arquivar o inquérito.

LEIA TAMBÉM:

Um comentário:

  1. Era sujeitinho chato esse careca do capeta. Dá sossêgo, para o Presidente governar. O povo não está aguentando nem ver falar no seu nome.

    ResponderExcluir

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();