Time da Romênia proíbe atletas vacinados por ‘perda de energia e rendimento’


Medida foi anunciada pelo pelo presidente do Steaua Bucareste, George 'Gigi' Becali

Um time de futebol da Romênia decidiu proibir jogadores vacinados de disputarem partidas pela equipe. A decisão foi anunciada pelo presidente do Steua Bucareste, George “Gigi” Becali, que disse considerar que atletas imunizados “perdem a energia”. A informação foi dada pelo jornal Daily Mall.

Becali, um empresário e político romeno, afirmou que observou essa falta de energia também em sua família e em seus amigos.

– Vão rir de mim, mas é capaz de eu estar certo. As pessoas vacinadas perdem a energia. É algo científico. Não viram o caso do Rapid [Viena]? Os jogadores parecem que estão desmaiando, dormindo no chão. Todas as pessoas vacinadas perdem as forças! Também vejo isso na minha família e amigos, nos vacinados. Há alguns que não são afetados, mas tem efeitos principalmente nos mais velhos – destacou.

Contudo, após a declaração dele, o governo da Romênia emitiu um comunicado nas redes sociais e disse que “os jogadores vacinados NÃO perdem as forças após serem vacinados contra a Covid-19. De um ponto de vista médico e científico, não há estudos que suportem essa afirmação. A vacinação contra a Covid-19 não afeta o desempenho dos jogadores”.


LEIA TAMBÉM:


Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();