Breaking news

Presidente do INMETRO 'quebra protocolo' a pedido de Bolsonaro e abre o jogo sobre desaparelhamento da entidade

O presidente Jair Bolsonaro discursou durante a cerimônia de lançamento do novo Modelo Regulatório do Inmetro. O presidente relembrou como trocou a direção da entidade, com a intenção de simplificar processos e desburocratizar. Bolsonaro apontou que seu governo vem implementando essa mentalidade de simplificação e desburocratização em diversas esferas, com a intenção de ajudar a população.

O presidente explicou que quem inova, industrializa e gera empregos é o empresário e não o Estado. Bolsonaro disse: “vamos voltar a industrializar o Brasil. Qual o primeiro passo? É não atrapalhar o empresário!”. O presidente acrescentou: “nós apenas damos meios para não atrapalhar o empresário, não atrapalhar o empreendedor”.

O presidente lembrou como decidiu trocar o presidente do Inmetro e como escolheu Marcos Guerson. Bolsonaro relatou que notou que, no Inmetro, havia pessoas criando dificuldades para vender facilidades. E afirmou que, ao mudar essa mentalidade, “todo mundo ganha”. O presidente disse que o caminho é “Escolher as melhores pessoas e botar. Não aceitar indicação política”. Bolsonaro lembrou que, no passado, cargos como o de presidente e diretores do Inmetro eram cobiçados por políticos e afirmou: “nós sabemos, né, qual a intenção disso aí. A conta quem paga somos nós, consumidores”.

LEIA TAMBÉM:

Durante a cerimônia de lançamento do novo Modelo Regulatório do Inmetro, o presidente da entidade, Marcos Guérson, relatou como encontrou o Inmetro e como vem modificando a instituição para que ela sirva ao País. Marcos Guérson relatou que, ao assumir o cargo, o presidente Jair Bolsonaro o orientou a “escutar quem está sofrendo”.

Guérson explicou que ouviu pessoas de dentro e de fora do Inmetro e viu “a ocupação de cargos públicos por outros critérios e para defender interesses particulares”. O presidente da entidade relatou: “o Inmetro passa a ser um instrumento para defender interesses próprios. (...) o Inmetro foi utilizado como um instrumento dentro de tudo o que nós vimos nas últimas décadas”.

O presidente do Inmetro explicou que o novo Modelo Regulatório leva em consideração a capacidade de inovar dos industriais e fabricantes e avalia se vale a pena o governo interferir em tantos aspectos da produção. Ele apontou: “O modelo regulatório do Inmetro é o primeiro modelo formal instituído pelo Inmetro. É um instrumento de governança. (...) é uma garantia para o futuro de que determinadas coisas não vão acontecer mais”.

Marcos Guérson apontou que, com uma direção voltada a servir ao País, o Inmetro poderá contribuir para que o país tenha produtos com mais valor agregado, o que pode levar a um aumento da renda média e “dar uma das bases para a reindustrialização do nosso País”

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();