Breaking news

Bolsonaro lamenta a morte da cantora Paulinha Abelha


Presidente pediu a Deus que "conforte o coração de todos com seu infinito amor"

O presidente Jair Bolsonaro lamentou, nesta quarta-feira (23), a morte da cantora Paulinha Abelha, vocalista da banda Calcinha Preta. Em sua conta do Twitter, Bolsonaro afirmou que o forró “sente hoje uma grande perda” e desejou solidariedade aos familiares, amigos e fãs da artistas.

A artista tinha 43 anos de idade e morreu nesta quarta. Ela estava internada no Hospital Primavera, em Aracaju (SE), desde o dia 17 de fevereiro. Segundo o hospital, nas últimas 24 horas, Paulinha “apresentou importante agravamento de lesões neurológicas, constatadas em ressonância magnética, e associada a coma profundo. Foi então iniciado protocolo diagnóstico de morte encefálica, que confirmou hipótese após exames clínicos e complementar específico”.

Paulinha Abelha foi hospitalizada no último dia 11, após passar mal durante uma turnê da banda Calcinha Preta em São Paulo. Na ocasião, assim que chegou a Aracaju ela foi encaminhada para uma unidade de saúde. No local, foram diagnosticados problemas nos rins, que acabaram evoluindo para o fígado e para o cérebro.

– Nosso forró sente hoje uma grande perda com o passamento da cantora Paulinha Abelha, um dos grandes nomes da lendária banda Calcinha Preta. Nossos votos de pesar e solidariedade aos familiares, amigos e fãs da cantora. Que Deus conforte o coração de todos com seu infinito amor! – escreveu o presidente.


LEIA TAMBÉM:

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();