Bolsonaro celebra flexibilização do porte de armas após Brasil ter menor taxa de homicídios da série histórica


2021 registrou queda de 7% no índice, segundo o FBSP

O Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) informou nesta segunda-feira (21) que o número de homicídios no Brasil caiu 7% no ano passado, chegando ao menor patamar da série histórica. Nesta manhã, o presidente Jair Bolsonaro atribuiu o índice à flexibilização do porte de armas.

– Vocês viram que o número de homicídios por arma de fogo caiu para o menor número histórico. Agora, a imprensa não fala que, entre outras coisas, a liberação das armas para o cidadão de bem [contribuiu para isso]. O “cara” pensa duas vezes antes de fazer uma besteira. Agora, se tivesse aumentado, quem era o culpado? Nem precisa dizer – disse a apoiadores em frente ao Palácio da Alvorada.

LEIA TAMBÉM:

Em 2021, o Brasil registrou 41.069 mortes violentas intencionais. O número é o menor desde 2007, quando o FBSP começou a coletar os dados. O levantamento leva em consideração as mortes decorrentes de três crimes: homicídio doloso (feminicídio incluso), latrocínio (roubo seguido de morte) e lesão corporal seguida de morte.

Até a recente divulgação, 2019 havia sido o ano com a menor taxa de homicídios da série histórica, registrando uma queda de 19% em relação a 2018 e um total de 41.730 mortes violentas. Em 2020, o país sofreu uma alta de 5,7%, em plena pandemia, e somou um total de 44.118 mortes violentas.

Com exceção de 2010, quando foram registradas 43.272 mortes violentas, os três últimos anos são os menores da série histórica. Entretanto, até 2011, o FBSP considerava apenas as ocorrências, independente da quantidade de vítimas. Assim, um crime que deixou dois mortos, ou mais, aparecia no levantamento como se houvesse apenas uma morte.




Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();