Alexandre de Moraes manda Telegram ‘barrar’ perfis de direita e ameaça bloquear o aplicativo além de multa de R$ 100 mil por dia que a decisão for descumprida.


Perfis são relacionados ao jornalista Allan dos Santos

Nesta sexta-feira (25), o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, determinou que o aplicativo de mensagens Telegram bloqueio alguns perfis na plataforma. Caso a decisão não seja cumprida, a Corte pode bloquear o aplicativo por 48 horas e ainda aplicar uma multa.

Todos os perfis são relacionados ao jornalista Allan dos Santos.

Em sua decisão, Moraes afirmou que a “efetivação da determinação judicial de bloqueio [dos perfis] deverá ocorrer no prazo máximo de 24 horas, sob pena de suspensão dos serviços do Telegram no Brasil, pelo prazo inicial de 48 horas”.

Já a multa ficou estipulada em um valor de R$ 100 mil por dia que a decisão for descumprida.


Os perfis que devem ser bloqueados são:

@allandossantos https://t.me/s/allandossantos

@artigo220 https://t.me/artigo220

@tercalivre https://t.me/s/tercalivre

Já a decisão pode ser vista aqui.

LEIA TAMBÉM:

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();