Breaking news

Violência mata 70 vezes mais crianças que covid: no Brasil, 32 menores são mortos a cada dia


Letalidade de menores no Brasil é metade do Iraque, país em conflito

O grande debate do momento segue ao redor da vacinação de crianças de 5 a 11 anos contra covid, mas números deviam fazer a preocupação da sociedade se voltar para a violência.

Enquanto na véspera do Natal, a notícia que houve 301 mortes de crianças nessa faixa etária durante a pandemia se espalhou em todos os jornais, dados da Unicef mostram que o Brasil tem 32 crianças e adolescentes assassinados todo dia. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

A preocupação com as crianças tem sido usada como argumento para novas restrições, mas as mortes por covid equivalem a 0,04% do total de óbitos.

A Unicef comparou a situação do Brasil com o Iraque, que vive conflitos armados. Mesmo assim, a letalidade no país árabe é 50% da brasileira.

A vacinação como pré-requisito para a volta às aulas prejudica alunos de escola pública. Os da privada voltaram no ano passado, sem vacina.

LEIA TAMBÉM:

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();