Bolsonaro: Apreensão de drogas quintuplicou após saída de Moro


Presidente afirmou que política de drogas ficou mais eficaz após saída do ex-ministro

Em conversa com apoiadores nesta terça-feira (18), o presidente Jair Bolsonaro (PL) voltou a reclamar da passagem de Sergio Moro pelo Ministério da Justiça e da Segurança Pública. Segundo Bolsonaro, a apreensão de entorpecentes aumentou após o ex-juiz deixar o governo.

– Olha, depois da saída do cara que tava na Justiça (não vou falar o nome dele aqui), eu acho que quintuplicou a apreensão de drogas – disse Bolsonaro a eleitores junto à porta do Palácio da Alvorada.

Sergio Moro comandou o Ministério da Justiça entre janeiro de 2019 e abril de 2020, quando deixou o governo acusando Bolsonaro de tentar interferir na Polícia Federal para blindar os filhos de eventuais investigações.

Desde que saiu do atual governo, Moro tem sido apontado como pré-candidato ao Palácio do Planalto e já confirmou, ele mesmo, sua intenção de concorrer nas eleições deste ano. Recentemente, Moro se filiou ao Podemos para colocar em prática seu projeto de poder.


Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();