Breaking news

Hospitalização de crianças de 5 a 11 anos com Covid-19 quadruplica em Nova York menos de um mês após início de vacinação em crianças


Os Estados Unidos começaram a vacinar crianças de 5 a 11 anos contra a Covid-19  quarta-feira (3) de novembro um dia após a recomendação do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC).

O principal órgão de saúde do governo americano recomendou a vacina da Pfizer/BioNTech para uso amplo nesta faixa, seguindo a autorização da FDA, agência sanitária do país.

Autoridades afirmam que todos os internados na cidade entre 5 e 11 anos nas últimas 3 semanas não possuem ciclo vacinal completo mas já se vacinaram pelo menos com uma dose.

As hospitalizações de crianças devido à Covid-19 aumentaram no estado de Nova York, e particularmente na cidade, onde quadruplicaram desde a segunda semana de dezembro até esta segunda-feira (27), afirmou o chefe do Departamento de Saúde do estado, Mary T. Bassett.

"Temos registrado um aumento nas internações pediátricas, concentradas na área da cidade, onde houve um aumento de cerca de quatro vezes", disse em entrevista coletiva conjunta com a governadora Kathy Hochul.

"Estamos alertando os nova-iorquinos sobre este aumento recente e surpreendente nas internações pediátricas para a Covid-19, para que os pediatras, pais e responsáveis possam tomar medidas urgentes para proteger nossos nova-iorquinos mais jovens", afirmou.

LEIA TAMBÉM:

De acordo com as autoridades sanitárias, das crianças de 5 a 11 anos internadas em hospitais da cidade com Covid-19, da semana de 5 de dezembro até a atual, nenhuma tinha o esquema de vacinação completo.

"Muitas pessoas ainda pensam que as crianças não estão infectadas com a Covid. Isso não é verdade. As crianças estão infectadas e algumas serão hospitalizadas", insistiu.

Segundo relatório divulgado hoje pela Academia Americana de Pediatria e pela Associação de Hospitais Infantis, entre os dias 9 e 16 de dezembro, quase 170 mil crianças tiveram diagnóstico positivo para a Covid-19 no país, um aumento de aproximadamente 28% em duas semanas, destaca o canal 7 da rede ABC.

Por sua vez, a governadora nova-iorquina reiterou o apelo aos pais para aproveitarem as festas de Natal e vacinarem os filhos.

Já o prefeito de Nova York, Bill de Blasio, lembrou em entrevista coletiva que nesta segunda-feira entrou em vigor a obrigação dos funcionários do setor privado comprovarem que têm pelo menos uma dose da vacina, sob pena de multas de até mil dólares (aproximadamente R$ 5,6 mil).

A partir desta segunda, os nova-iorquinos com 12 anos ou mais também precisam apresentar comprovante das duas doses de vacinas para comer em restaurantes, academias ou visitar locais de entretenimento.

FONTE: R7.COM 



9 comentários:

  1. Está bem esquisito isso, porque agora estão sendo internadas e antes não havia nada disso. Armação !!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Há uma obrigação a vacinar ?
    Porque essa preocupação para que se vacina?Se o ploblema todo não é o vírus e sim outra coisa pior do que o vírus.

    ResponderExcluir
  3. Esses assassinos querem matar também as crianças. Alguma coisa urgente deve ser feita. Antes que seja tarde demais.

    ResponderExcluir
  4. Esta matéria é para influenciar os incautos para vacinarem seus filhos... Ainda bem q nao tenho fikhos nesta idade.... Isso é uma atrocidade.

    ResponderExcluir
  5. São tempos tenebrosos.
    Estão apelando para o egoísmo e arrogância do brasilerio.
    Se adulto1 vacinado não defende a escolha do adulto2 de não se vacinar, quando chegara hora e o adulto1 pedir ajuda do adulto2 para proteger seu filho, ele não o fará, pois não foi ajudado e não ajudará.
    Se não nos unirmos, vamos todos sucumbir.
    Ou nos unimos para defender o direito de escolha ou vamos sofrer o pior.
    A arrogância e egoísmo do brasileiro é sua maior marca, se acha melhor só por poder entrar em um lugar onde outros não podem, mesmo que fique aleijado para isso ou que seus filhos morram no processo e pode ser em qq lugar mesmo que seja um banheiro público, o brasileiro não tem espírito de nação.
    E isso não surge de uma hora para outra e vamos todos pagar por isso.

    ResponderExcluir
  6. Essa cambada de canalhas, querem agora injetar tbm as crianças?! O povo tem q deixar de ser pacato e se defender dessa corja de FDPs q estão tentando assassinar as crianças tbm. Vamos para as ruas e acabar com esse mandonismo podre dessa esquerda comunista.

    ResponderExcluir
  7. Apartaid? Seria isso que as autoridades pensam?

    ResponderExcluir
  8. Da para atualizar essas notícias?

    ResponderExcluir

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();