‘Está cada vez mais na cara que as pesquisas eleitorais no Brasil são fraudadas’



A afirmação foi feita pelo presidente Jair Bolsonaro durante entrevista ao jornal Gazeta do Povo

O presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou, em entrevista à Gazeta do Povo gravada pela manhã e veiculada na noite desta quarta-feira (8), que as pesquisas eleitorais no Brasil são fraudadas.

A fala vem no mesmo dia em que o levantamento Genial/Quaest mostrou Luiz Inácio Lula da Silva (PT) próximo de uma vitória no primeiro turno, caso as eleições de 2022 fossem hoje, e um crescimento de Sergio Moro (Podemos) e a consolidação do ex-ministro de Bolsonaro e ex-juiz da Lava Jato em terceiro lugar nas intenções de voto.

Segundo a pesquisa Genial/Quaest, Lula (PT) tem 46% das intenções de voto, contra 23% de Bolsonaro e 10% de Moro. Depois aparecem Ciro Gomes (PDT), com 5%, e João Doria (PSDB), com 2%.

– Está cada vez mais na cara que as pesquisas são fraudadas – disse Bolsonaro.

Ele ainda afirmou que enquetes nas redes sociais seriam mais confiáveis.

– É mais sincero e espontâneo. Pessoal mais humilde já tem telefone e cada vez mais interage com a política – apontou.

De acordo com Bolsonaro, o país pode acabar se ele não for reeleito.

– Dependendo de quem vier no meu lugar, pode ser o fim do Brasil – disse na entrevista.

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();