Mortes por covid ultrapassam mais de 754 mil nos EUA, grande produtor de vacinas



O número de mortes por coronavírus nos Estados Unidos chegou a 754 mil nesta na sexta-feira (5), uma média de mais de 1.200 vidas perdidas por dia desde que a pandemia mais mortal da história americana começou no ano passado – e o país registrou mais de 8.500 novas mortes na semana passada.

Cerca de 754.000 americanos morreram de coronavírus desde a primeira fatalidade nos Estados Unidos – um homem na casa dos 50 anos que foi hospitalizado no estado de Washington – foi relatada em fevereiro de 2020, de acordo com dados compilados pela Universidade Johns Hopkins .

O país registrou 8.585 novas mortes na semana passada, bem abaixo de um recorde de 23.415 mortes em um período de sete dias em meados de janeiro, mas as fatalidades diárias ainda estão acima dos níveis de julho.

Apesar da ampla vacinação para todo o público adulto, o país ainda tem um alto índice de pessoas que ainda não tomaram sequer a primeira dose. Os Estados Unidos também enfrentam outro surto de infecções, hospitalizações e mortes alimentadas pela variante Delta – altamente transmissível e em grande parte impulsionada por pessoas não imunizadas.

LEIA TAMBÉM:



Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();