Globo derrete e amarga pior audiência da história pelo 2º mês seguido


Jornalismo e novelas repetidas explicam em parte queda da audiência

Não é de agora que a TV Globo vem sofrendo para se manter na liderança da audiência da TV. No entanto, a tarefa tem sido árdua. De acordo com o Painel Nacional de Televisão (PNT), a emissora carioca teve seu pior ibope da história pelo segundo mês consecutivo. Esta é a primeira vez que o canal repete uma marca negativa, em um intervalo de tempo tão curto.

Os dados consolidados indicam que a emissora teve média de 10,79 no acumulado das 24 horas dos 31 dias de outubro. Se comparado ao mês de setembro, que acumulou média de 10,94, houve perda de telespectadores. Ainda assim, a TV Globo se mantém absoluta na liderança, alcançando médias que superam a soma de suas principais concorrentes.

LEIA TAMBÉM:


Analistas apontam que um dos fatores que justificam a queda na performance é a rejeição do público às reprises das novelas, como Império e Pega Pega – que registram índices alarmantes de audiência. A única trama inédita em exibição, Nos Tempos do Imperador, não conquistou o público e vem sofrendo com a concorrência do Cidade Alerta em várias praças do país.

Os telejornais da TV Globo também têm sua parcela de culpa na redução da audiência. Para se ter uma ideia, a GloboNews perdeu cerca de 25% dos seus telespectadores em apenas um mês, caindo da 6ª para a 9ª posição no ranking das emissores de maior ibope. A queda também fez a Record News se aproximar mais: enquanto a GloboNews tinha 128.881 telespectadores por minuto, a rival alcançou 100.241.

A resistência ao telejornalismo não foi um fenômeno que atingiu só a TV Globo. A CNN Brasil despencou nove posições no ranking mensal, com 29% dos seus telespectadores “desaparecendo”. A BandNews TV também foi afetada; perdeu 33% de sua já parca audiência.

O próximo levantamento incluirá a Jovem Pan News, que estreou recentemente e ainda terá sua média de audiência contabilizada.

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();