Breaking news

Claudia Leitte é chamada de genocida após promover aglomeração em show em São Paulo


Em fotos e vídeos do evento, uma multidão de fãs aparece sem máscara de proteção contra a Covid

A cantora Cláudia Leitte (foto) ficou entre os assuntos mais comentados do Twitter no Brasil com a hashtag “#ClaudiaLeitteGenocida” depois de realizar um show no estacionamento do Espaço das Américas, em São Paulo, neste domingo.

Fotos e vídeos do evento mostram que quase ninguém na multidão de espectadores estava de máscara. O uso do equipamento de proteção ainda é obrigatório no estado.

Em uma publicação no Instagram, a cantora afirmou, antes do show, que todos os protocolos sanitários seriam respeitados

“Evento realizado com limitação de público, exigência de comprovante de vacina e outras exigências sanitárias estabelecidas pela secretaria de saúde de São Paulo.”

No Twitter, o ministro das Comunicações, Fabio Faria, condenou o episódio e cobrou uma atitude do governador João Doria.

“Ontem SP estava comemorando a Ômicron Sul-Africana. João Doria você vai multar os que estavam sem máscaras? Nunca foi pela pandemia, sempre foi pela política e CONTRA o Bolsonaro. Não vi uma linha dos que tanto criticam o PR. Cadê a coerência dos críticos? Seguimos…”

LEIA TAMBÉM:

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();