Travesti é enterrado como homem e com bigode e LGBTs se revoltam

Família velou parente com terno e bigode feito a lápis

Representantes do movimento LGBT da cidade de Aracaju usaram as redes sociais para ‘denunciar’ que uma travesti foi enterrada pela família como homem. Conhecida como Lana, a falecida foi velada usando um terno e um bigode – o que causou grande revolta em ativistas LGBTs.

Nas redes sociais, a vereadora trans Linda Brasil (PSOL-SE) afirmou que o ocorrido é “um crime”.

– Estou indignada! Acabei de saber que uma travesti faleceu e que, no velório, a família vestiu nela um paletó, gravata e fizeram barba e cavanhaque a lápis. Isso é um crime! Não é porque é da família que há legitimidade para praticar transfobia deliberadamente. #TransfobiaÉCrime – escreveu a parlamentar.

A ativista trans Jéssica Taylor, da ONG LGBT Transunides, acusou a família de abandonar e desrespeitar Lana.

– Lana foi desrespeitada pela família, que colocou até um bigode nela e a enterrou de terno, indo contra a sua identidade de gênero. A família não aceitava a orientação sexual dela. Eu achei uma violência. Só quem é trans sabe o que já passou até conseguir assumir a identidade. Nem na grande despedida, que é a morte, ela foi respeitada. Lana morreu de tristeza – declarou.

A família da travesti não se pronunciou sobre o ocorrido. Também não há informações sobre as circunstâncias da morte da travesti.

LEIA TAMBÉM:

8 comentários:

  1. Era só as revoltadas pagarem as custas do enterro e colocar ela até de tanga se quisessem.
    Acho interessante como na hora do "pega pra capar" é só a familia que ajuda, mas os de fora querem polemizar tudo com o dinheiro dos outros....

    ResponderExcluir
  2. Perguntar uma coisa ,antes do morto morrer alquem perguntou a ele como ele queria ser internado como travestir ou como nasceu homem,agora os travestir se reunirão para fazer o enterro mim fale ai ,ou só estar por reocupado ,se foi vestido como homem ou como traveco

    ResponderExcluir
  3. Na hora de fazer a intera pra pagar o velório não aparece um homossexual transsexual polisexual pentasexual viado transgenero lgbt pqp ou o q for pra ajudar... Na hora de reclamar tem um monte... Morreu já era. A família teve toda a consideração de enterrar ainda... Se fosse por mim ficava de indigente na conta do governo mesmo.

    ResponderExcluir
  4. Já dizia Tião Carreiro "Mundo Véio não tem Jeito".

    ResponderExcluir
  5. Quando num futuro distante um arqueólogo achar os restos mortais dele vai achar que se tratava de um homem.

    ResponderExcluir
  6. A BICHA TA MORTA! VEIO COMO HOMEM... TEM QUE IR COMO HOMEM SÓ DEUS SABE PRA ONDE.

    ResponderExcluir

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();